21.9.06

Escolhas

Assisti ao filme com o ator Adam Sandler,Click, onde ele é um homem tipicamente moderno (ou pós-moderno), não possui tempo para nada, família, esposa e está focado somente em sua promoção na empresa. Então lhe é dado um poder que é representado por um controle remoto; poder esse que queremos tanto, controlar o tempo; onde ele pode adiantar “sua vida” e não passar os momentos desagradáveis ou voltar e rever momentos específicos (tentador não?), sem que pudesse altera-lo apenas rever. No fim ele percebe que sua escolha foi errada, que graças ao seu “poder” perdeu muitas coisas, crescimento dos filhos, esposa, a morte de seu pai e apenas no fim ele percebe que o seu poder na verdade o derrotou, porque fez uma escolha errada. Mas como é um filme ele ganha uma segunda chance e volta exatamente no momento anterior a tal escolha.

Confesso que fiquei impressionado com a “realidade” do filme, tantos lares, famílias e sonhos destruídos em função de uma escolha.

Escolha essa de não viver o presente. Sempre estamos preocupados com o futuro ou somos aterrorizados pelo passado, porém, a vida não é um filme, a vida é feita de escolhas e essas são únicas.

Me vêm a memória o velho chavão “perdi tempo” ou “ganhei tempo”, na verdade vejo que fazemos escolhas e essas trazem conseqüências de um modo assustador diria, claro que podemos “remediar”, mas remediar é fazer outra escolha, e ela nos dá a falsa sensação de recuperamos nosso tempo ou escolha. Quão tolos somos!

Assim que sai do cinema lembrei-me do texto que Jesus Cristo nos diz que “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?” (Mateus 6:25), Ele nos ensina a escolher o HOJE, porque amanhã é com Ele, não cabe a nós decidir o amanhã.

Jesus de uma forma esplendida escreveu sobre isso a mais de 2000 anos, que o homem perde tempo, porque escolheu viver ansioso, protelando suas escolhas.

Perdemos um tempo precioso quando deixamos o presente; Jesus disse que estaria conosco (diariamente) até a consumação dos séculos. Perdemos porque temos a mania sórdida de deixar “para amanhã”, um carinho, um abraço, um beijo, um bom dia, de dizer o que sentimos, enfim, achamos que o presente é uma escolha superficial.

Jesus nos convida a andar não no ritmo do mundo (ou nesse caso, como no filme). Ele nos ensina a aproveitar a vida, vive-la em sua plenitude e ensinar os outros como vivê-la, como amar, ser ético, ser feliz, ser responsável, como ser HUMANO.

O texto retumba em minha mente, “na andeis ansiosos”, Jesus ensina que devemos viver o “Aqui e Agora”, Ele nos deu a vida para vive-la, não posterga-la, não guarda-la, Eles nos deu para desfruta-la.

A Vida é feita de escolhas e elas são ÚNICAS.

Deus nos conclama a fazer uma escolha “viver o Reino hoje”, ou esconder a nossa vida, não vive-la.

Tenho visto sonhos adiados, relacionamentos destruídos porque não escolhemos, não escolhemos controlar nossa vida (lembra que Adão tinha que cuidar do jardim e no fim do dia contar a Deus o que ele tinha feito com a vida dele?) e nem confiamos que Deus está a nos conduzir. Porque escolhemos dar o controle de nossas vidas a sociedade, Igreja, relacionamentos (única e exclusivamente), ao trabalho, enfim, aos outros.

Tenho essa convicção em meu coração de que quando nós tomarmos as rédias de nossas vidas ( e tudo o que está envolvido nessa escolha) e vive-la tenho certeza de que não iremos mais desperdiçar e remediar, antes, viveremos de forma plena a nossa vida.

Porque eu vim para que tenham VIDA e a tenham em Abundãncia.

É apenas uma escolha....



Qual será a sua???

3 comentários:

Aline disse...

E rodrigo... soh t conheço a uma semana e vc jah me fez chorar... rs.....
Realment a ansiedade eh o mal do século..rs... sempre me pego meio desesperada pra saber o q vai acontecer daki um tempo... e acabo me eskecendo q tenhu um Deus q cuida disso pra mim. Uma vez ouvi alguem pregar sobre a oração do Pai Nosso... ond Jesus nos ensina a pedir "o pão nosso de cada dia" e naum "o pão nosso do mês inteiro"!
Mas q eh dificil... isso eh sim... pelo menos pra mim.... acho q to precisando orar mais... rsrsrsrs

Vlw Rodrigo.... Deus abençoe muitaum vc.....

Meiry disse...

Ok, conforme "solicitado" passei p/ deixar meu recado (brincadeira...)
O texto tem sim muita coisa "de Rodrigo".. tem sabedoria nas palavras, conteúdo e muita qualidade...
Vivemos fazendo escolhas, a todo momento, e nem sequer nos damos conta da seriedade e dos caminhos que decidimos percorrer,a partir dessas opções que fazemos.
Seu texto me fez pensar sobre isso,mas a partir de outro ângulo: o tempo que perdemos fazendo escolhas...não vou esquecer disso(ou seja, mais uma das coisas que aprendi com vc e que vão ficar gravadas).
Deus te abençoe querido, muuuuuuito mesmo. Vc é benção na minha vida e tb p/ muitas outras pessoas.
Bjos
Fique com o Papi

Danyel disse...

Pow, Rô!
Seu texto é maravilhoso!

Tentador mesmo, a idéia de podermos ver o que fizemos de errado, e, mais ainda, a idéia de ter o poder de alterar o erro!

Ainda bem, que após aceitarmos à Cristo como nosso Salvador, tudo o que era velho se fez novo!

E DEUS seja louvado, sempre!


GOTT segnen dich!


Danyel